Logo que identifica o Projeto Acolhida

O PROJETO ACOLHIDA É VOLTADO PARA MULHERES, LGBT'S E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

INSCREVA-SE!

Ilustração conceitual sobre Atendimento Psicológico

Atendimento Psicológico

SEPARADOR1.png

O atendimento é realizado de maneira individual, podendo ser presencial ou por chamada de vídeo, seguindo modelo aprovado pelo Conselho Federal de Psicologia. A duração e constância dependem de avaliação criteriosa da psicóloga, podendo esta também indicar acompanhamento com outros profissionais da área de saúde. 

Ilustração conceitual sobre Recolocação Profissional

Recolocação Profissional

SEPARADOR1.png

 Apoio no desenvolvimento de estratégias para a inserção no mercado de trabalho, como elaboração de currículos, redes sociais profissionais e orientações sobre entrevistas. A renda é um ponto fundamental para garantir a autonomia financeira e enfrentar a situação de vulnerabilidade social.

Ilustração conceitual sobre Redirecionamento de Carreira

Redirecionamento de Carreira

SEPARADOR1.png

Aliar interesses pessoais, habilidades e oportunidades profissionais que gerem renda - é algo muito importante para a realização profissional e pessoal. O redirecionamento de carreira é o planejamento para quem busca novos caminhos e experiências no mercado de trabalho.

SEPARADOR1.png
Logo que identifica o Projeto Acolhida

QUEM SOMOS

Fundado em setembro de 2018 pela idealizadora Marilia Gentile, o projeto Acolhida tem o objetivo de proporcionar escuta terapêutica para mulheres, LGBTs e pessoas com deficiência, assim como de recolocação profissional e redirecionamento de carreira por valor social. Dentro desses grupos, o público-alvo se limita a indivíduos em vulnerabilidade social ou apenas sem possibilidade de arcar com os custos de um profissional convencional.  


Por meio de sessões com psicólogas, seguindo planejamento individual e variado, de acordo com a análise do profissional, busca-se identificar a necessidade de cada paciente. A partir disso, o processo pretende direcionar a pessoa para uma existência satisfatória e funcional, levando em conta seus próprios conceitos, o conjunto de suas vivências e demais variáveis.

 

A atuação em recolocação profissional e redirecionamento de carreira é realizada pela própria idealizadora de maneira individualizada às necessidades das acolhidas visando a conquista da autonomia financeira das mesmas.


Em função da experiência da idealizadora como mulher, pessoa com deficiência e LGBT, é que está reconheceu a necessidade de, como o nome do projeto revela, acolher pessoas que não encontram na sociedade as mesmas oportunidades e amparo. 


Pós-graduada em psicologia do trabalho, a profissional desenvolveu carreira focada em inserção de minorias no mercado de trabalho e escuta terapêutica. Sua trajetória inclui atuação em empresas de destaque, como Samsung e Sky. Hoje, dedica-se exclusivamente à clínica e consultoria de inclusão profissional para pessoas com deficiência.

SEPARADOR1.png

NOSSA MISSÃO

O Projeto Acolhida surge num cenário de crescente desigualdade social causada pelo alto índice de desemprego e de sucateamento da saúde pública. Tem sido cada vez mais difícil para mulheres, LGBT's e pessoas com deficiência procurarem tratamento psicoterápico e oportunidades de trabalho no Brasil.

 

Em busca de alternativas, muitas procuram tratamento no setor privado e profissionais especializados de recolocação profissional e redirecionamento de carreira. Entretanto, muitas se veem sem opções por falta de condições econômicas para custear esses serviços.

 

Tendo isto em vista, nossa missão é de oferecer esses serviços por valor social para atender às necessidades do nosso público-alvo de modo a enfrentar o atual cenário de vulnerabilidade socioeconômica.

 

Dessa forma, queremos espalhar a esperança através do atendimento terapêutico e da emancipação econômica para melhorar a vida das mulheres, da comunidade LGBT e de pessoas com deficiência nos tempos turbulentos pelos quais passamos.

Ilustração que representa a disseminação dos ideais do Projeto Acolhida e cumprimento da missão do projeto
SEPARADOR1.png